O REAL E A VIDA

Por que temos tanta dificuldade de tolerar o REAL?
  • Porque o REAL tem dois lados e como somos “desconectados” para ver os dois lados, ficamos com um lado só: a ILUSÃO.
  • ILUSÃO é ver um lado só e dizer que é o TODO.
  • Mas a vida anda junto com o Real: é bonita e feia, é pesada e leve!
  • Tudo é e não é!

  • Tudo o que começa, começa do pouquinho e vai crescendo. E quando está “grande” é que a gente percebe melhor, mas, já está na véspera de acabar…
  • Tudo o que chega ao ponto máximo, vai exaurir e começar do outro lado. ​
  • O Real tem dois lados: o interno e o externo, o racional e o emocional, etc.
  • A Vida tem dois movimentos: sobe e desce, abre e fecha, vai e volta, pulsa e oscila.
  • O que caracteriza o REAL é um conjunto em movimento. O Real está sempre em movimento, se desdobra, flui, oscila.
  • Quem está preso na ILUSÃO não anda para frente, não desdobra.
  • A ILUSÃO quer ver somente um ponto, uma parte, um lado.
  • Tudo começa pelas histórias. Somos feitos de histórias.
  • O começo de uma pessoa é uma história, que é contada, inventada, aumentada.
  • E a gente conta histórias como tentativa de explicar o que aconteceu.
  • Não é o REAL, não é o TODO. É meia mentira e é meia verdade.
  • É uma narração exagerada de um fato, que vira MITO. Ou seja, uma versão fictícia.
  • “Quem conta um conto, aumenta um ponto.”
  • O mito é uma relato simbólico, passado de geração em geração, deformado e ampliado. Geralmente amplificando as qualidades e deformando e/ou excluindo os defeitos.
  • Mito é igual à lua. Vemos só um lado dele.
  • Não importa o que a pessoa fala, não é Real. É metade, é mito.
  • Onde a gente vivencia um mito, vivencia uma exclusão, uma distorção do REAL.
  • Na área da Vida que paralisamos ou não evoluímos, vivemos um ILUSÃO.
  • Também sobre o Real e a Vida, é importante saber que, onde existe problemas “sem solução”, que passam de geração para geração, é um “PROBLEMA MÍTICO”. Que tem uma função útil em seu sistema, defendendo-o de lidar com o REAL e a VIDA.
  • Mito é uma fábrica de construção de problema sem solução, isto porque a solução está no TODO, naquilo que foi excluído, naquilo que não foi falado, não foi contado. E a vida para funcionar bem, precisa estar inteira, senão fica aleijada.
  • Na ILUSÃO, no mito, a Vida fica reduzida a personagens fictícios, sem vitalidade, sem oscilação e flutuação (ordem/desordem). Fica reduzido a herói ou vítima, a saudável ou doente, etc.
  • Exemplo: a figura de herói é uma pessoa que exclui seus próprios limites, suas dificuldades. E a figura de vítima é a pessoa que aumentou/ engrandeceu seus limites (ah! eu não consigo!).
  • As pessoas que vivem próximas do REAL, sabem bem dos seus limites e de suas capacidades!
ALGUMAS PERGUNTAS:
  • Quando é que temos um problema?
  • Quando é que aparece um problema?
  • Quando é que o problema persiste, permanece ?
POSSÍVEIS RESPOSTAS:
  • Problema aparece quando estamos procurando por um problema. Se você prestar atenção em problema, vai gerar problema.
  • Precisamos ter contato ativo com a SOLUÇÃO. Quando busco SOLUÇÃO, saio imediatamente do problema. Temos que estar focado no REAL e na SOLUÇÃO, assim, busco um caminho à frente.
  • Não precisamos examinar muito o problema, porque o diagnóstico te leva mais para o problema, mas não para a solução.
  • A solução geralmente independe do lugar onde o problema está.
  • Solução é estar em contato com o REAL e a VIDA.
  • PORTANTO CONHEÇA O REAL E SE INTEGRE À VIDA
  • TODOS OS DIAS TEMOS QUE BUSCAR SOLUÇÕES, PORQUE TODOS OS DIAS TEMOS MAIS ACONTECIMENTOS (MAS NÃO SÃO PROBLEMAS).
  • O REAL PROPÕE ACONTECIMENTOS. A VIDA PROPÕE DESAFIOS.
Texto organizado por: Jaqueline Cássia de Oliveira
Fonte: Zélia Nascimento – BH
error: